At the end of the day, it’s all about music!

Vou no carro e oiço uma música que me chama à atenção na rádio. “Não me é estranha, se calhar não é a primeira vez que a oiço”. Chama-me à atenção por ser nova ou porque já a ouvi naquele anúncio na televisão ou enquanto trabalhava no computador?

Agora tudo é possível: posso ir à descoberta de novas músicas relacionadas com o meu artista favorito (sugestões geradas automaticamente) ou posso ser um Dj produtor da minha própria playlist e personalizá-la com os meus gostos musicais. O Mixcloud X, a nova versão do Mixcloud vai mais longe: torna a marca mais próxima e pessoal – permite a criação de perfis de marca (branding) personalizáveis para os seus parceiros e consumidores, para promoverem os seus conteúdos numa versão áudio da marca. Serão então estes novos sistemas de distribuição e expansão da comunicação das marcas eficazes? Se virmos do ponto de vista de que indivíduos influenciam indivíduos, o ponto forte da proximidade, semelhança, identificação e até mesmo do prisma da igualdade, então sim. Marcas com perfis e indivíduos que se tornam marcas estão juntos, no mesmo espaço. E agora? Sou eu que influencio a marca ou é a marca que me influencia? São influências exteriores (através da rádio e da televisão, por exemplo) ou são influências interiores (ditas da internet e dessa mútua influência marca – indivíduo marca)?

Que confusão…desligo o rádio e o carro e a música que ouvi há pouco não me sai da cabeça: At the end of the day, it’s all about music!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s