Publicidade Segmentada. Na rádio . Amanhã ou depois…

Há coisas que, por mais que me esforce, não consigo entender.
Uma delas é a resistência à mudança.
Outra, o medo de inovar.
Diz o anúncio (de rádio) da Mercedes-Benz que inovar é ver o que os outros não estão a ver. Por isso, a marca tem agora autocolantes QR-Code para colocar nos automóveis que permitem, em caso de acidente, o acesso imediato à ficha de segurança do veículo. O que tem isto a ver com a rádio?… Para além de ter ouvido o anúncio na rádio?… TUDO.

A possibilidade da rádio segmentar os seus anúncios no canal de distribuição online está disponível há já bastante tempo. Mas a inércia, o risco, a dimensão do mercado ou a pequena dimensão do mercado, a necessidade de expansão e as dificuldades do crescimento. A inexistência de equipas comerciais fora de portas para gerir a publicidade que estaríamos a segmentar. Tudo isto faz sentido. Demasiado sentido, até. Até ao dia em que tudo muda. Esse dia pode ser já amanhã e nem a rádio, os anunciantes ou agências de meios estão devidamente preparados. Mas, também, a notícia é sobre os E.U.A., formatos de publicidade e hábitos de consumo norte-americanos. Isso, pode (ainda) fazer a diferença…

 

Imagem

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s