sim Rádio, a culpa é tua!

a propósito desta notícia de há uns dias no Público online, que cita um estudo espanhol onde se afirma que a música está cada vez mais igual:

costumo dizer que “não percebo nada de música, isso é coisa para os músicos”; e é verdade, tecnicamente falando.
mas os milhares de músicas que já me entraram pelos ouvidos ao longo de milhares de horas/dias criaram em mim um certo, digamos, “tacto” auditivo.
por isso, repito a lenga lenga de sempre, ano após ano: nunca se fez tanta e tão boa música como agora.
ainda que “desde Mozart que ninguém inventa nada”, ainda que a repetição (técnica) de fórmulas faça soar igual muita da música que se ouve por aí, continuo a achar que o problema não é da música em si, mas especialmente da Rádio.
porque a Rádio continua a ser o principal meio de divulgação musical para as massas, porque é através dela (e da TV, também) que os artistas se dão a conhecer ao ponto de gerar massa crítica (salvo algumas excepções, evidentemente).

a música perdeu originalidade? claro que não.
o problema está naquilo que nos chega aos ouvidos, que é (quase sempre) mais do mesmo.

sim Rádio, se a música deste tempo te parece cada vez menos original, fica sabendo: a culpa é tua.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s