FM em livro

Rogério Santos, no Indústrias Culturais, escreveu sobre o livro recentemente publicado Sounds of change. A history of FM Broadcasting in America (Cristopher H. Sterling e Michael C. Keith).

“Inicialmente, a FM (frequência modulada) era oferecida nos rádios com AM (modulação de amplitude ou onda média). Programas e publicidade eram iguais nas duas gamas de frequência. Mas, na década de 1960, a regulação nos Estados Unidos e na Europa permitiu que a FM se tornasse independente. Sterling e Keith consideram que a FM atraiu o movimento de contracultura, grupos minoritários, público não comercial e a rádio universitária. Em 1979, a rádio em FM ultrapassava as audiências de AM. Mas surgiriam nuvens, entretanto, com a rádio digital (satélite, internet, DAB), e com uma programação mais comercial, pouca variedade e publicidade excessiva”

Promete uma recensão para breve. Aguardamos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s