Indústrias culturais e mercado dos media

No Indústrias Culturais de Rogério Santos, duas leituras interessantes:

AS INDÚSTRIAS CULTURAIS EM ESTUDO DA PRICEWATERHOUSECOOPERS

“Nos próximos cinco anos, espera-se que o mercado global dos media e do entretenimento aumente um terço, quando mais pessoas dos países emergentes aderirem ao online e ao telemóvel, revela um estudo da PricewaterhouseCoopers (…) O relatório dá conta da luta entre os chamados novos e velhos media, com a migração de consumidores para as redes de banda larga e telefones celulares e o afastamento da publicidade e dos consumidores dos jornais, livros e CD”.

GIUSEPPE RICHERI

“Giuseppe Richeri (2008: 27) apresenta quatro tendências internacionais na indústria dos media, em que a primeira relaciona a cada vez maior dimensão das empresas, através de aquisições e fusões com formação de grandes grupos capazes de influenciar os mercados internos. (…) O crescimento da dimensão e a integração multimedia ajudam à conquista de mercados internacionais. A globalização significa também economia e finanças. Junta-se ainda a concentração dos investimentos nos custos fixos, dentro da produção de protótipos, e o controlo dos custos variáveis (transmissão e distribuição), o que produz uma forte pressão sobre a distribuição”.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s