12 meses, 12 estações.

A análise continua, embora com publicação tardia.

Depois da líder de audiências e da estação que lidera entre os jovens, temperada com peculiaridades de uma estação de carácter local, o mês de Abril assistiu à renovação do website de um dos canais das estações públicas, a Antena 3, que se reconfigurou em função de uma lógica comunitária e uma estrutura online que vai ao encontro das tendências da web 2.0.

Abril

Uma rádio jovem, feita por menos jovens, a piscar o olho à web

É na web que estão os jovens e, sendo desta uma estação pública dirigida ao público mais jovem, faz todo o sentido que a presença online da Antena 3 ultrapasse o formato de “montra”, assumindo-se como um complemento da emissão hertziana, uma mais-valia para o ouvinte e uma plataforma de difusão e, acima de tudo, comunicação adicional ou alternativa.

Renovado muito recentemente, o novo website da Antena 3 apresenta uma mudança mais conceptual do que estética, com uma remodelação gráfica que mantém a linhas estruturais anteriores, demonstrando contudo, uma modernização em termos de estilo, adaptando-o às mais recentes tendências gráficas para a web.

A mudança verifica-se essencialmente ao nível dos serviços ofereceridos e das funcionalidades oferecidas.

Ao nível dos conteúdos, há mais informação sobre música e, acima de tudo, maior destaque aos conteúdos programáticos da estação, com espaço para os arquivos sonoros e os weblogues dos programas que a estação pretende destacar. Ao texto e ao som, a página da Antena 3 adicionou o vídeo, recorrendo ao YouTube para os alojar. A oferta da Antena 3 TV é ainda insipiente, mas apresenta já vários canais cujos conteúdos serão compilados ao longo do tempo, demonstrando capacidade de iniciativa e contribuindo claramente para ajudar a repensar, ou reformular, o conceito de rádio.

Os programas, disponíveis em arquivo, numa lógica de on demand e, na sua maioria, em podcast, constituem a memória da estação que passou a estar disponível de acordo com a disponibilidade do ouvinte, permitindo-lhe saber exactamente quando há programas novos disponíveis, através do RSS.

No capítulo da leitura, cada notícia tem também novas funcionalidades agregadas. A letra pode aumentar e a notícia pode ser escutada, com boa voz e uma dicção muito aceitável. Destacam-se ainda a possibilidade de comentar, guardar nos favoritos ou partilhar através das redes já constituídas, como serão o MySpace ou outros serviços, como o del.icio.us.

Com uma história que remonta a 1994, a Antena 3 é uma estação que tem sabido envelhecer com o seu público original, mantendo-se contudo, jovem suficiente para ir adicionando novos ouvintes ao seu público. Na programação, existiram também alterações recentes que procuraram refrescar as emissões e criar uma oferta mais abrangente ao nível dos tema tratados e dos géneros explorados. Do ponto de vista da informação, ainda que esta seja curta, mantém o ouvinte actualizado sobre o que se passa no mundo, oferecendo-lhe, a cada meia hora, notícias sobre o universo musical, numa lógica que, sem menosprezar a informação noticiosa, a complementa com o tema que domina as emissões: a música. Paralelamente, as rubricas que a estação inclui na programação apontam ao humor e à formação do ouvinte, procurando cumprir o pilar das funções da comunicação social, de formar, informar e entreter. No capítulo musical, a Antena 3 aposta acima de tudo na variedade de géneros e estilos, com algum peso para a produção nacional, sendo que, dadas as suas características de serviço público, dificilmente alguma vez conseguirá agradar a gregos e a troianos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s