Notícias

Rádio a caminho de uma transformação: passa a produtor de conteúdos?

A RR reformulou o Página 1, adianta o M&P.

“O objectivo, adianta o responsável, é ‘apostar na produção própria com temas que podem ou não ir à rádio e que podem ter origem na Página1’. Para isso em Fevereiro, a estação reforçou o número de jornalistas dedicados em exclusivo à produção de conteúdos para o Página1, que passou, além do editor Raul Santos, a contar com uma equipa de três elementos, a que se juntam os contributos da equipa de redacção da estação. O projecto gráfico, sob a responsabilidade do designer Carlos Pinto, passou a apresentar uma nova organização dos conteúdos que surgem numa “maquetagem hierárquica”, à semelhança da edição de um jornal, ou seja, os temas surgem organizados em secções, como destaque, opinião, nacional, internacional, entrevista, economia ou desporto. Nesta nova fase, o Página1 reforçou a equipa de comentadores que diariamente, e alternando semanalmente, irão a passar a comentar para a edição em PDF.Neste novo formato, o Página1 só terá uma edição diária (às 17h)”. [ler]

Efectivamente, a mudança de paradigma nos media está instalada, a favor da institucionalização do jornalismo multimédia resultado da reorganização estrutural das redacções e do recurso a jornalistas capazes de produzir para diferentes plataformas. No caso da rádio e, particularmente no exemplo da Renascença, o Página 1 irá contribuir para a redefinição da própria rádio que associa, cada vez mais, outro tipo de conteúdos e de linguagens ao elemento central da sua comunicação – o som. Embora, através da leitura da notícia, não se depreenda uma mudança integrada na estrutura da redacção, sua organização e modo de funcionamento, mas sim a adição de novos elementos que contribuem para a autonomização do Página 1, assumindo-se este como mais uma forma de comunicação da estação e uma ampliação da sua oferta de conteúdos.

Rádios temáticas e temporárias?

Uma rádio dedicada ao acompanhamento do rali de Portugal na RDP, adianta o M&P

“Nos próximos dias 8, 9 e 10 de Maio, a RDP vai fazer a cobertura do Rali de Portugal através da emissão da Rádio Rali. A emissão vai utilizar as frequências da Antena 3 no Algarve (100.7 FM e 101.9 FM), para além de estar disponível também online no site http://radiorali.rtp.pt.” [ler]

Três dias para uma estação com um objectivo específico, à semelhança do que já antes o grupo MCR havia feito a propósito de outras situações e que revela uma atitude mais dinâmica da RDP e comprova a sua estratégia de redimensionalização multimédia e de desenvolvimento da sua presença e oferta na web. Que outras se seguirão?…

Marcas relacionam-se com consumidores online?

Cornetto cria concurso de bandas no My Space, de acordo com o M&P.

“A Cornetto lançou um concurso de música no My Space, o Auditions, que vai permitir à banda vencedora subir ao palco do festival Optimus Alive”. [ler]

A tendência é clara e está instalada: o consumidor é cada vez mais volátil e saltita entre meios diferentes. As marcas têm de ir ao seu encontro, procurá-lo, acompanhá-lo, servi-lo e surpreendê-lo em novos ambientes, com novas propostas e novas abordagens. A rádio deveria seguir o exemplo da Olá, ou em alternativa, associar-se à Olá e lançar iniciativas que liguem o meio às comunidades que os mais jovens (e menos jovens, a avaliar pelos e-mails que recebo de comunidades como o hi5, Orkut ou Linkedin) utilizam e nas quais estabelecem ligações que podem potenciar o consumo de produtos culturais e da rádio.

Através da página My Corneto no MySpace, criada no MySpace Portugal, foram encontrados 525 grupos de música, outros tantos sobre filmes e televisão, bem como computadores e internet. Se pensarmos que a rádio actualmente é essencialmente musical, será fácil concluír que está, no MySpace e nas restantes redes sociais, uma excelente forma de encontrar novos, e potenciar a relação com os seus actuais, ouvintes que, através deste espaço virtual formam uma comunidade semelhante ao que Turkle (1997) e antes, Reinhgold  (1993) enunciaram: uma ligação em torno de um interesse comum: a música, através da rádio.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s