TSF – 20 anos – a paixão da rádio

Paulo Baldaia em entrevista ao M&P:

“É difícil fazer melhor do que a TSF fez nos últimos 20 anos e é fácil fazer pior”.

“É muito mais fácil para pessoas que estão em constante movimento ouvir rádio do que ver televisão. Hoje há canais de televisão especializados em informação que fazem ou tentam fazer o mesmo que faz a TSF, que é mostrar rapidamente o que está a acontecer. Somos rápidos comparando com o meio televisivo. Há também a internet, onde é possível responder rapidamente. E há muita gente a consumir internet. Mas tanto a internet como a televisão perdem para a rádio, na capacidade que esta tem de chegar a todo o lado”.

“Nas manhãs informativas as pessoas estão a deslocar-se e aí a rádio é imbatível”.

“A TSF tem um bom share de rádio, não é a rádio que lidera, mas lideramos na classe A/B e, para nós, é importante”.

“Os ouvintes são sempre os primeiros a ganhar sempre que há concorrência. Nos últimos 10, 15, 20 anos, quando apareceram produtos novos para disputar um espaço a quem já se tinha afirmado, na quase totalidade ficou a ganhar quem estava instalado, e os ouvintes/leitores porque a qualidade melhorou”.

“O teste mostrou é que há perto de 80%. Se algum dia houver a hipótese de ter o PPM a medir as audiências, somos favoráveis a isso”.

“A paixão da rádio é uma característica muito profunda na redacção da TSF”.

[ler entrevista]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s