Mito da geração Google

Aplicado à capacidade de pesquisa das gerações mais jovens, um estudo recentemente desenvolvido para a Biblioteca Britânica revela que, afinal, as gerações mais novas não são mais capazes dos que as gerações mais velhas para pesquisar na Internet, demosntrando usar o senso comum para tomar as suas decisões relativas às pesquisas que efectuam online.

“Segundo o estudo da University College of London, os jovens adolescentes de hoje não são necessariamente eficientes em fazer pesquisas pela internet, não permanecem mais tempo online que as pessoas mais velhas e não destoam do resto da sociedade em priorizar informação rápida e digerida” [ler notícia]. E, quanto à ideia de que as pessoas mais novas passam mais tempo na Internet, trata-se de um mito que o estudo deita por terra. Donde, se não são apenas os jovens que estão online, então, a rádio terá também de se relacionar com as outras gerações que, estando online, inevitavelmente procuram a companhia da rádio para acompanhar as suas actividades…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s