Marktest Rádio – evolução e alteração de comportamentos

Para marcar os 82 anos de emissões radiofónicas em Portugal, a Marktest apresenta um conjunto de análises sobre a evolução da rádio em Portugal, e a relação dos portugueses com o meio.

Os dados da Marktest comprovam a reestruturação de que a rádio vem sendo alvo, em função do digital. Contudo, embora os indicadores permitam assumir um certo optimismo nesta relação com as plataformas digitais, das quais se destaca a Internet, o consumo não está ainda generalizado, sendo o FM o principal suporte de difusão e escuta da rádio.

Entre 2004 e 2006, a escuta cresceu, embora o hábito ainda não esteja plenamente implantado. Verifica-se que entre a resposta à pergunta “costuma ouvir rádio pela Internet” e “ouviu rádio pela Internet na véspera” há diferenças substanciais que, no nosso entender, o tempo se encarregará de fazer diminuir. Em 2004, 4,7% costumavam ouvir rádio, contra 0,5 que ouviram na véspera, ao passo que em 2006, os valores cresceram para 9,1% e 1,4%, respectivamente. É em casa que mais indivíduos escutam rádio pela Internet (5,0% em 2004 e 7,9% em 2006), seguido do local de trabalho, numa diferença residual entre um e outro local (4,9% em 2004 e 6,7%) em 2006.

No que respeita à escuta de rádio, contrariamente ao constante anúncio de perda de ouvintes e, como já aqui fizemos referência, os dados do Bareme rádio da Marktest são mais precisos numa avaliação conjuntural do que para comparações em períodos relativamente próximos no tempo. Assim, desde a sua criação (1994) e até ao presente, o AVV para o total rádio cresceu, sendo que apresentava (56,1% em 1994, contra 56,3 em 2006). Nestes 12 anos, há oscilações positivas e negativas, sendo que em nenhum ano se registou um AVV inferior ao de 1994. Os valores mais altos respeitam aos anos de 1998 e 2005, conforme se poderá ver na imagem. Como explica a Marktest, “a média de ouvintes com mais de 14 anos (universo do estudo) manteve-se entre os 4.5 milhões e os 4.9 milhões de indivíduos”.

1 comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s